Minha Experiência com o Pilates

Pilates
Essa eu já fiz! Não nesse nível, mas já.

O que é pilates?

“O método Pilates tem como base, os princípios criados por Joseph H. Pilates e associa a estes, os conceitos de Rolfing, Polestar, Feldenkrais, Power Yoga, stretching, Fisioball, Gyrokinesis e outras técnicas de conscientização corporal e teorias de controle motor.
Com a certeza de que os músculos devem ser fortes e flexíveis para se manterem bonitos e saudáveis, o Pilates fortalece os músculos fracos, alonga os músculos que estão encurtados e aumenta a mobilidade das articulações. Movimentos fluentes são feitos sem pressa e com muito controle para evitar estresse. O alinhamento postural é importante em cada exercício, ajudando na melhora da postura global do indivíduo.
Assim, a força, a tonificação e o alongamento são trabalhados de dentro para fora do corpo, tornando-o forte, bonito, saudável, harmonioso e elegante.”
Texto do Mais Equilíbrio.

Pilates
Chora no alongamento!

Como comecei?

Desde que comecei a trabalhar meu corpo sentiu necessidade de fazer exercícios físicos, pois ao final de um dia na frente do computador eu sentia dores nos braços, mãos, costas e pernas, até cheguei a comentar a história no post sobre corrida. Pois bem, eu já praticava corrida, mas resolvi que queria força, assim melhoraria minha corrida também. Me matriculei de novo na academia, mas não rolou. Bastaram 3 meses pra entender que aquilo era um castigo pra mim.

Na terapia fui indicada a fazer algo que me acalmasse, como uma yoga ou pilates, então sai da academia e decidi que mesmo gastando mais, pois sabia que qualquer um desses dois seria mais caro, eu ia entrar em um desses. Um dia correndo na rua de casa reparo em um lugar novo: um estúdio de pilates! E o melhor, abria em um horário perfeito pra mim. Não deu outra, depois de uma aula teste me matriculei e já fazem 4/5 meses que estou por lá.

Pilates
Meta.

E aí? Funciona?

Vou ser curta e direta: SIM! Fui surpreendida pela rapidez dos resultados que estes exercícios trouxeram pra mim. Fiz mais de ano de academia quando morava em outra cidade, cheguei a fazer meses por aqui e nunca senti tanto resultado. Faço apenas duas aulas semanais de 50 minutos e já é visível minha melhora de flexibilidade, meus músculos ficaram mais firmes, meu abdómem quase não existia e hoje já faço exercícios de maneira mais fácil, tudo isso com ajuda do pilates!

Tem gente que não acredita, que acha que este tipo de exercício é pra “velho” e pra mulher, mas tenho certeza que se fizessem uma aula teste iriam se surpreender. Não estou boa ainda, mas eu sinto o tanto que melhorei e é visível no meu corpo tudo isso. Claro que é pessoal, eu foco meu treino em força e correção postural, enquanto tem gente que quer alongamento, tratar dores e problemas de coluna, vai do que você falar pro profissional que vai te acompanhar, aliás, este é outro ponto positivo! Nas aulas eu tenho um acompanhamento muito mais especial e atencioso do que nas academias, sem contar que você faz as aulas com meias fofas!

Onde fazer?

Achei bacana ter uma fisioterapeuta como profissional que acompanha e passa os exercícios, assim estou sempre em ordem com meu corpo e tenho mais confiança em saber que não estou me ferrando. Então pesquise e procure lugares com profissionais legais e responsáveis trabalhando. Se você é daqui de São José dos Campos, a dica fica pra fazer no Espaço Pilates Vanessa Alamino, que é onde eu faço e tenho o apoio da Vanessa, uma fofa que pega pesado comigo e não me deixa desanimar nos exercícios.

Ficou alguma dúvida? Quer saber de alguma coisa que não falei por aqui? Então joga nos comentários que respondo com carinho.

O Espaço Pilates Vanessa Alamino fica na Rua Mario Valério de Camargo, 127, sala 106 – São José dos Campos / SP. Telefone pra contato (12) 3341-0581.

Você também pode gostar desses

8 Comments on Eu e o Pilates

  1. nossa parece bem interessante e bem melhor que academia
    eu já conhecia, mas só de papo – nunca fiz e ninguém nunca me explicou exatamente como é…. me interessei (pq odeio academia), queria achar alguma coisa alternativa para me exercitar

    beijos
    http://acessoriosecafeina.com/

  2. Que demais! Eu tenho vontade, mas to começando a academia agora, começando a trabalhar o corpo,perder peso… depois quero fazer uma dança, já fiquei de olho no pilates, mas só de olhar as imagens dá aquela impressão de que “eu nunca conseguiria” né haha
    Mas eu aprendi uma coisa na vida: se um ser humano consegue, eu também consigo!
    Parabéns por sua dedicação, continue firme! Quem sabe um dia sou eu tb 🙂

    • @Dayane,

      Oi Dayane,
      Então, é que as imagens que vemos na internet é tudo coisa avançada, acho bacana porque dá uma vontade de chegar lá, mas tudo na aula é feito até onde você consegue. Comecei fazendo abdominais da maneira mais horrenda e ridícula por falta de força, foi incrível minha evolução em tão pouco tempo. Faça uma aula teste ;D

      Bjs

  3. Que saudade que eu tenho de fazer pilates! Pratiquei apenas por um ano, mas foi o suficiente pra sentir minha postura e disposição mudarem completamente, além de ajudar com as dores nas costas. Espero conseguir voltar a fazer em breve. 🙂
    Ótimo tópico para abordar inclusive, muita gente tem preconceito, como você disse, mas pilates é um exercício maravilhoso.

    • @Paula A.,

      Quando comecei a falar que fazia pilates, muita gente olhava com cara torta e falava que era “coisa de velho”. Só respondo pra eles “sabem de nada inocentes” rs

      =*

  4. Olá Michelli!
    Comecei a praticar pilates há 10 anos, na época quase ninguém conhecia. O estúdio era em um prédio envidraçado e as pessoas que nos viam achavam que estávamos sendo torturados… rs
    Atualmente trabalho com pilates e dou cursos de pilates para que pretende dar aulas, caso alguém tenha interesse é só acessar:
    http://www.unipilates.com.br

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Comment *