diário

Em busca da felicidade

borboleta

Eu não sei se sou eu sempre a procura de histórias inspiradoras ou se todo mundo começa uma busca pela satisfação pessoal e por mais momentos únicos e especiais. A qualidade de vida começa a ser uma preocupação constante entre as pessoas em uma busca por algo que lhes preencha o coração. Pode ser uma busca utópica, uma bobeira de um coração que tem apenas 25 invernos e ainda tem muita esperança na vida e nas pessoas, mas a cada dia a mais me deparo com projetos gostosos, daqueles que te fazem ter esperança no mundo, na vida e na existência. Projetos fofinhos, quentinhos e que tem até aquele cheiro de bolo de laranja de vó. Quando me deparo com eles é como se minha bateria se recarregasse, como se mundo estivesse em minhas mãos e que eu posso fazer aquilo que eu bem quiser. Aí penso que ainda tenho que achar aquilo que realmente me fará satisfeita comigo mesma. Enquanto esse momento de epifania pessoal não chega, vim trazer pra vocês esses canais e páginas de pessoas que fazem meus dias mais recheados de coisas boas.

AMF – Amo Meu Fazer
Como eles mesmo dizem “uma revista quinzenal sobre pessoas que amam o que fazem”. O layout já é um aconchego gostoso e cheio de fotos lindas das pessoas e seus “fazeres”. Vale a pena fuçar e ler cada historia que alí é contada.

continuecurioso
“Webbsérie documental que retrata experiências de pessoas que se desprenderam de um jeito convencional de levar a vida”. Fofo, inspirador e me fez chorar algumas vezes. Acho que isso acontece quando vemos gente cheia de paixão.

GLÜCK Project
“Uma investigação sobre a felicidade”. Novo, mas nem por isso menos inspirador.

Editado dia 8 de outubro de 2013: Adicionando mais inspirações!

Agora Sim! Dica da Bianca Moraes
“Uma diretora de arte e uma redatora, curiosas para conhecer histórias de quem teve coragem de mudar e, Agora Sim!, é feliz na profissão.”.
Primeiro site de mudança de profissão, é assim que elas falam de coisas pra te inspirar e dar esperança. Sempre é hora!

Eu Faço Porque Amo
“Fazer o que se AMA, encontrar propósito e significado no trabalho é uma busca constante para a maioria das pessoas. Inspire-se conosco e diga com orgulho: #eufaçoporqueamo!”. Sigo a página do Facebook e acho que tem coisas legais pra aproveitar de lá.

Compro de quem faz Dica da Bianca Moraes
“O Compro de Quem Faz nasce para ser um movimento a favor de artesãos e artistas criativos e independentes. É um movimento para incentivar o sustentável e o local, por meio do apoio às pessoas que amam o que fazem.”.

Rock in Rio 2013 : Eu fui!


Finalmente chegou o dia de pisar novamente na Cidade do Rock e poder pular, sentir dor e suar com aquele bando de camisetas pretas!
Como perdemos a venda do RioCard, tivemos que ir de taxi/ônibus. Taxi até o terminal Alvorada e de lá um ônibus para a Cidade do Rock. Foi bem tranquilo! Dizem que nos primeiros dias foi sufoco, mas estava tudo bem organizado! Este ano chegamos um pouco mais tarde, umas 15 horas e ficamos mais de uma hora para entrar, o que foi bem chato. Outro fato desagradável: podia entrar com garrafa de água? Podia, mas só sem tampa. Agora eu te pergunto, POR QUÊ? Duas águas pro lixo e outras eu salvei escondendo as tampas nos bolsos e no sutiã. Se a preocupação com as águas era grande, com armas não, porque ninguém me revistou e nem as pessoas que estavam comigo. Ainda bem que nada de mau aconteceu.


Casal Rockenrrou!
O QUE LEVEI? 1l e meio de água (que virou 1l), 3 sandubinhas caseiros com presunto, queijo, alface e tomate, 3 barrinhas de cereal, duas maçãs e balinhas e chocolates. Foi mais do que necessário! Bem alimentada o dia todo e só gastei com um sorvetinho de pistache que fiquei com vontade, ou seja, aprendi com meu primeiro Rock in Rio.


Zépultura
Lá dentro assisti ao show do Helloween, bem legal e lotado para show do sunset, acho que da próxima vai pro palco mundo e dalí já esperamos pelo Sepultura com Zé Ramalho que foi uma surpresa. Não gosto de Sepultura, mas a junção dos dois ficou surpreendente boa. “Admirável Gado Novo” ganhou meu coração. Tenho que confessar que esperava mais do som desse palco esse ano, mas pelo visto, o som dele será ruim eternamente.

Enquanto Slayer tocava, fomos dar uma olhadinha pelos estandes do evento e fizemos selos com nossas carinhas no Correio. Ainda dava pra você mandar cartão postal do evento com seu selinho pra quem você quisesse. Fofo, né?

Dali foi palco mundo com Avenged e Iron. Não sabia muito o que esperar do show do Avenged Sevenfold, não conhecia muito a banda e o pouco que conhecia eu nem gostava muito, mas tenho que dizer que o show deles foi bem animado e bem legal, cheio de fogo no palco e animação do pessoal da banda.


Iron Maiden

Iron dispensa apresentações, foi nessa hora que o pessoal delirou, desmaiou, pirou e gritou até ficar sem voz. Eu que nem fã sou, cantei todos os “ôôôs” e refrãos em meio a pulos com a galera e delirando com o namorado.

Banheiros como sempre, bem tranquilo de usar, nada sujo e demorado. Comidas eu não sei, pois levei a minha e em resumo, foi tudo bem legal e divertido. Quem sabe 2015 eu volto.


Rock Street

O dia em que mudei algumas ideias

Hoje em dia a internet está ai pra quem quiser. Você entra, cadastra em alguns sites e logo está interagindo com pessoas do mundo todo, podendo falar de assuntos dos mais variados, seguir blogs, ver fotos e expressar sua opinião. O problema é que tem gente que esquece aquela famosa frase do Tio Ben: “Grandes poderes trazem grandes responsabilidades”.

Aconteceu na minha cidade um fato desagradável com pessoas próximas, que levou a um bafafá enorme na internet com o nome da pessoa, familiares e tudo mais. O problema: quem colocou na internet colocou sem saber exatamente o que ocorreu, cada um entendeu da maneira que quis e a pessoa está sendo linchada virtualmente e ameaçada de violência. Ai pensei em todos os casos em que a internet virou um tribunal e que as pessoas caíram em cima dos outros e refleti: “Mas será?. Será que realmente a história é como estão falando?”. É tão fácil chegar na internet e apontar o dedo na cara dos outros, xingar, falar mal ou difamar. Algumas pessoas não estão prontas para o advento da internet.

Sei que depois do ocorrido, vou pensar mais antes de falar algo sobre alguma história “polemizada” da internet.

%d blogueiros gostam disto: