Nascida 25 de agosto de 1934, em Forquilhinha, Santa Catarina, Zilda Arns se formou em Medicina em Curitiba, e partiu para especializações, que envolveram desde a Educação Física, a cursos de Pediatria Social, encaminhando-se então a outros cursos de aperfeiçoamento. Começou trabalhando como médica na Pediatria do Hospital de Crianças Cezar Pernetta, em Curitiba. Em 1983 é a Fundadora e Coordenadora Nacional da Pastoral da Criança da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, e assim era até sua morte em 2010 no Haiti. Ela era viúva e mãe de cinco filhos. Para chegar até a indicação ao Prêmio Nobel, Zilda Arns percorreu um longo e dedicado caminho. Suas participações em eventos internacionais são diversas, da Angola a Indonésia, Estados Unidos e Europa, Zilda Arns representa a Pastoral, palestra, acompanha Comitivas Brasileiras a outros países e leva a Pastoral da Criança para o mundo. Participa ainda de eventos Latino Americanos, principalmente apresentando e divulgando o trabalho da Pastoral da Criança. Sua participação em eventos nacionais é praticamente incontável, desde 1994 são aproximadamente 27 eventos ligados à Pastoral da Criança e ainda inúmeros outros pela Pediatria. Tanta dedicação tem seu reconhecimento. Desde 1978, são diversas menções especiais e títulos de cidadã honorária. E da mesma forma, a Pastoral da Criança já recebeu diversos prêmios pelo trabalho que vem sendo feito desde a sua fundação.

Foi uma mulher que lutou pelos ideais dela, e pelo bem de muitas crianças pelo mundo. Morreu fazendo o que amava fazer: ajudar o próximo, por isso ela é mais uma homenageada desta semana.

Fonte: E-Biografias

Você também pode gostar desses

1 Comment on Zilda Arns – Força Feminina

  1. Essa sim fez A diferença.
    Eu sempre penso o tanto de vidas que ela salvou, e morreu numa missão fazendo o que? Salvando pessoas.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Comment *