Categorias: Ilustrações

Anita Mejia – Ilustradores Inspiradores

Com um estilo todo bem característico, Anita Mejia é uma das ilustradoras que eu sigo há um bom tempo. A mexicana que desenha desde criança, cria artes digitais e manuais que podem ser encontradas na RevistaTU (mexicana), no Flickr e na sua página do DeviantArt.

anita_mejia_1

Ao mesmo tempo que a maioria das ilustrações dela são super coloridas, fofinhas e cheias de vida, conseguimos encontrar um pouco de “Tim Burton” em alguns trabalhos, com cores pastéis e temática mais macabra, porém sem perder a doçura do trabalho da artista.

anita_mejia_4

anita_mejia_3

anita_mejia_2

Outro ponto que gosto muito no trabalho dela é a utilização de texturas variadas. Basta ver um desenho em nanquim para perceber como ela utiliza padrões e deixa tudo cheio de detalhes. Os desenhos são sempre feitos em tamanhos bem grandes, possibilitando detalhes muitas vezes bem pequenos.

anita_mejia_5

Já conhecia a Anita? Gostou do trabalho dela?

Quer conhecer mais?
Facebook | YouTube | DeviantArt | Flickr

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

12 comentários

  1. Realmente me lembrou um pouquinho de Tim Burton. Mas me lembrou muito aquele filme do Guilhermo Del Toro, Festa no Céu. Adoro essa pegada mexicana! Beijos!
    Blog Vintee5 | Canal Vintee5

  2. O trabalho dela é muito bonito. Tanto os desenhos coloridos quanto os preto e branco são muito bem feitos. Tem algo de misterioso nos desenhos dela, faz a gente ficar procurando por algo sem saber bem o que é, achei isso bem interessante! Gostei de conhecer essa ilustradora. =)
    Beijinhos ?

    Contadora de Histórias

  3. O trabalho dela é realmente sensacional. Já sigo ela há um bom tempo, e consegui acompanhar um pouco da evolução dela… antes ela não era tão detalhista como agora é. Espero um dia poder der igual a ela nesse quesito T_T

  4. Ainda não conhecia mas achei o trabalho dela encantador e bem atípico, na verdade, é como se ela misturasse cartoon com o exagero e “esquisito” do Tim Burton, como você mesmo disse no post.