A Pedra Filosofal, o primeiro livro de Harry Potter.

Capa do primeiro livro harry potter com um Harry de pano ao lado

Sinopse

Conheça Harry, filho de Tiago e Lílian Potter, feiticeiros que foram assassinados por um poderosíssimo bruxo, quando ele ainda era um bebê. Com isso, o menino acaba sendo levado para a casa dos tios que nada tinham a ver com o sobrenatural pelo contrário. Até os 10 anos, Harry foi uma espécie de gata borralheira: maltratado pelos tios, herdava roupas velhas do primo gorducho, tinha óculos remendados e era tratado como um estorvo. No dia de seu aniversário de 11 anos, entretanto, ele parece deslizar por um buraco sem fundo, como o de Alice no país das maravilhas, que o conduz a um mundo mágico. Descobre sua verdadeira história e seu destino: ser um aprendiz de feiticeiro até o dia em que terá que enfrentar a pior força do mal, o homem que assassinou seus pais, o terrível Lorde das Trevas.

O menino de olhos verdes, magricela e desengonçado, tão habituado à rejeição, descobre, também, que é um herói no universo dos magos. Potter fica sabendo que é a única pessoa a ter sobrevivido a um ataque do tal bruxo do mal e essa é a causa da marca em forma de raio que ele carrega na testa. Ele não é um garoto qualquer, ele sequer é um feiticeiro qualquer; ele é Harry Potter, símbolo de poder, resistência e um líder natural entre os sobrenaturais. Sinopse do Skoob.

Capa de Harry Potter e a Pedra Filosofal

O Primeiro livro de Harry Potter

Escrito por Joanne K. Rowling e lançado em 1997, “A Pedra Filosofal”, primeiro livro de Harry Potter surgiu pra mudar a vida de muita gente por ai. Eu comecei toda errada nas histórias de Harry Potter, como já falei em vídeo no canal, então a APF não foi o meu primeiro livro, mas se tivesse sido, seria o meu divisor de águas. Graças a estes livros eu comecei a me embrenhar no mundo da leitura.

Então este ano resolvi reler todos os livros do bruxinho, de novo, depois de muito tempo. Já devia fazer uns quase 10 anos que não relia HP e sempre é bom revisitar Hogwarts, pois a própria autora diz:

“As histórias que mais amamos vivem em nós para sempre. Não importa se você voltará página por página ou se assistirá aos filmes mais uma vez, Hogwarts sempre estará te esperando.”

— J.K. Rowling em entrevista no ano de 2011.

Como uma fã enorme de Harry Potter foi fácil sentar e reler tudo. Como foi maravilhoso reviver esta primeira aventura! Eu li o primeiro livro com 12 anos, quase a idade de Harry, e pude reviver as angústias, as alegrias, os momentos de curiosidade, a raiva dos Dursley e tudo mais. Tanta coisa eu não lembrava mais da história! Tá explicado porque este livro faz tanto sucesso, não importa a idade, ele tem um ritmo ótimo, uma narrativa intrigante e eu devorei ele em pouco tempo, como era o esperado.

Melhores frases:

“Há coisas que não se pode fazer junto sem acabar gostando um do outro,e derrubar um trasgo montanhês de quase quatro metros de altura é uma dessas coisas.”

“Para a mente bem estruturada, a morte é apenas a grande aventura seguinte.”

“A verdade é uma coisa bela e terrível, e portanto deve ser tratada com grande cautela.”

“Não vale apena mergulhar nos sonhos e esquecer de viver.”

Você também pode gostar desses

10 Comments on Leituras: Harry Potter e A Pedra Filosofal | J.K. Rowling

  1. Tenho muita vontade de reler Harry Potter agora adulta. Quer dizer, cheguei a reler os últimos livros no começo dos meus 20, mas agora, na beira dos 30, seria legal poder reviver todos os sentimentos. Sei que um dia voltarei a ler todos – aliás, li todos mais que uma vez e alguns deles mais que duas! hahaha

  2. Eu nunca li, acredita? Na época que foi lançado eu não gostava muito do gênero, e sei que não vou conseguir ler agora (sou dessas que demora meses pra ler 1 único livro). Mas reconheço bem esse sentimento de pegar um livro e sentir que tem um mundo te esperando, eu me sinto assim em relação à Nárnia, meu eterno livro preferido <3

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Comment *