romance

Noivas + Te Amo,Cara + Substitutos + Ex-namoradas +Vicky

Noivas em Guerra “Emma e Liv são amigas desde criança, quando planejaram em detalhes como seriam seus casamentos. Um deles é importantíssimo: que a cerimônia ocorra no Hotel Plaza, o local onde os mais badalados casamentos de Nova York ocorrem. Agora, aos 26 anos, elas estão prestes a se casar. Mas um erro na marcação das datas faz com que elas coincidam, o que gera uma disputa entre as agora ex-amigas por quem fará a cerimônia no local sonhado.”

Comédia divertidinha, apesar de amar Anne Hathaway neste filme ela parece que não é ela. Achei bem fraco o filme, mas é bom pra se ver na sessão da tarde.

Eu Te Amo, Cara “Peter Klaven (Paul Rudd) é noivo de Zooey (Rashida Jones), a mulher dos seus sonhos. Ao organizar a cerimônia de casamento ele percebe que não tem qualquer amigo mais íntimo o qual possa convidar para ser seu padrinho. Decidido a resolver a situação, ele passa a encontrar vários homens na tentativa de ter uma verdadeira amizade. É assim que conhece Sydney Fife (Jason Segel), com quem se identifica. Eles cada vez se tornam mais amigos, até que esta situação coloca em risco o próprio noivado de Peter.”

Uma comédia daquelas que não via há tempos, ótimo filme sobre amizade e companheirismo. Uma delícia de se assistir. Tem horas que você se pergunta se será o filme mais homossexual que você já viu na sua vida, mas não. É simplesmente sobre amizade.

Substitutos
‘2054. Grande parte da população usa os andróides substitutos da Virtual Self, que cumprem todos os afazeres do dia a dia e permitem que seus donos jamais tenham que sair de casa. Entretanto um terrorista tecnológico passa a assassinar os andróides, causando caos geral. Dois policiais são designados para cuidar do caso: Tom Greer e sua cópia-andróide.”

Já vi filmes melhores de Bruce Willis, este foi bom sim, gostei de ver, mas acho que não deveria ter ido assistir no cinema, acho que ficaria mais feliz assistindo em casa, sem ter pago por pessoa no cinema. Mas até que o roteiro é muito bom e a idéia dos robôs também.

Minhas Adoráveis Ex-Namoradas “Connor Mead (Matthew McConaughey) é um fotógrafo de celebridades que coleciona ex-namoradas. Acreditando que a vida serve apenas para se divertir e namorar, Connor não entende como alguém pode ter um relacionamento duradouro. Quando seu irmão Paul (Breckin Meyer) se casa ele reencontra Jenny Perotti (Jennifer Garner), a única mulher pela qual realmente se envolveu. À noite ele recebe a visita do tio Wayne (Michael Douglas), um playboy dos anos 70, que lhe diz que receberá a visita dos fantasmas de três ex-namoradas. Através delas Connor percebe as falhas de seus relacionamentos anteriores.”

Bem diferente esta comédia romântica, achei que seria como as outras, com o moçinho fazendo bobeiras e a mocinha, bla bla blá. Mas é uma comédia romântica que usa como base o conto de natal que tem os três fantasmas que visitam o cara avarento. Achei bem diferente.

Vicky Cristina Barcelona “Vicky (Rebecca Hall) e Scarlett Johansson (Cristina) são amigas e passam férias em Barcelona. Vicky está noiva e é sensata nas questões do amor. Cristina é pura emoção e movida a paixão. Durante uma exposição de arte, as duas se encantam pelo pintor Juan Antonio (Javier Bardem), que as convida mais tarde, durante um jantar, para uma viagem. O que elas não sabiam é que o galante sedutor mantém um relacionamento problemático com sua ex esposa Maria Elena (Penélope Cruz). E as coisas ainda ficam piores porque as duas, cada uma de sua forma, se interessam por ele, dando início a um complicado “quadrado” amoroso.”

Não entendi muito bem o gênero desse filme, mas achei algumas lições dele bem legais, por exemplo:
Não fale em outra língua quando ninguém entende, só você e mais alguém, é falta de cordialidade. Curta cada oportunidade de sua vida e faça o que tem vontade, a vida é um pouco curta pra se arrepender do que não fizemos.

Lua Nova + 2012

A Saga Crepúsculo:Lua Nova[rating:3/5]“Um incidente na festa de aniversário de Isabella “Bella” Swan (Kristen Stewart) faz com que Edward Cullen (Robert Pattinson) vá embora. Arrasada, Bella encontra consolo ao lado de Jacob Black (Taylor Lautner). Aos poucos ela é atraída para o mundo dos lobisomens, ancestrais inimigos dos vampiros, e passa a ter sua lealdade testada. Quando descobre que a vida de Edward está em perigo, Bella corre contra o tempo para ajudá-lo no combate aos Volturi, um dos mais poderosos clãs de vampiros existentes.”

Bem, acho que o segundo filme da saga de vampiros que brilham no escuro foi bom. Comparado com o primeiro este segundo filme vem com efeitos um pouco melhor elaborados(tirando os “cachorrinhos grandes”), a história segue uma linha sem ficar enrolando demais, como o primeiro fez, fluindo melhor na tela. Mas o que é este trio de atores sem expressões que temos nesse filme? Achei os três sem sal demais, e pior, Dakota Fanning está sem sal! Quando esta menina ficou sem sal??? Mas achei que o filme passou bem a história do livro, mesmo mudando algumas coisas.

2012[ratind:3/5] “Em 2008, o presidente americano (Danny Glover) convoca uma reunião de emergência com as principais potências para conversar sobre um grande perigo para a humanidade. Os anos passam e, com a proximidade de 2012, as autoridades decidem que não é mais possível conter o perigo eminente que pode significar o fim do mundo. Com isso, colocam em prática o plano iniciado anos atrás, sob o comando dos cientistas Adrian Helmsley (Chiwetel Ejiofor) e Carl Anheuser (Oliver Platt). Enquanto isso, o escritor Jackson Curtis (John Cusack) leva sua vida de marido separado, pai de dois filhos, como motorista de limusine e tendo que aturar as reclamações da ex esposa (Amanda Peet). Ao levar os filhos para passear, ele descobre os primeiros sintomas da destruição do planeta.”

Apesar do filme ser sobre o fim do mundo em 2012, que foi previsto pelos maias(ok, na verdade apenas uma das rodas do calendário que vai acabar e começar de novo, mas..) acho que foi apenas mais um filme de fim de mundo. Efeitos, claro, MAGNÍFICOS, mas historinha de sempre: presidente americano é soberano-deus-dos-homens-bonzinho, ele que descobre tudo, que organiza tudo, a salvação do mundo está nas mãos dos EUA, ó EUA! Tem a família que se junta-arrepende-volta-a-ser-o-que-era, o personagem-que-faz-tudo-e-morre, os momentos de tensão-vou-ficar-sem-ar, o louco-eu-sabia-desde-o-começo e é isso. Só isso. 2012 tira sim o fôlego, mas é o mesmo enredo de qualquer outro filme de fim do mundo, breve na Sessão da Tarde.

Top Gun – Ases Indomáveis

[rating:4/5]Top Gun(1986)“O diretor Tony Scott (Inimigo do Estado) mostra a trajetória de um jovem piloto que entra na escola de aviação da Marinha americana e lá se envolve com uma bela mulher e precisa enfrentar um perigoso competidor. Com Tom Cruise, Val Kilmer e Tim Robbins. Vencedor do Oscar de Melhor Canção Original.”

Ok. Eu tinha vergonha de dizer que NUNCA tinha assistido esse filme, então me namorado-viciado-em-aviões fez o favor de baixá-lo e falou pra eu assitir com ele. Enfim, consegui assistir o famoso filme da música “Take My Breath Away”. As cenas que mostram os aviões são muito lindas, acho que não vi cenas assim em nenhum filme do meu repertório e a melhor foi a do Tom Cruise na moto com o caça passando atrás, que máximo! Porém acho que o filme se perde um pouco entre o romance e a amizade e também é um pouco fraco, não entendi se era de ação ou romance. Mas, no fim das contas é bom pra se assistir de tarde com o namorado.

Diário de Uma Paixão + Rebobine, Por Favor

[rating:4/5]Rebobine, Por Favor“Jerry (Jack Black) trabalha num ferro-velho e tem muitas dores de cabeça. Ele acha que isso é por causa da rede elétrica que passa ali. Seu plano para sabotar as instalações dão errado e, para piorar, seu cérebro fica magnetizado. Isso faz com que ele destrua todos os filmes disponíveis na locadora de seu amigo (Mos Def). Para satisfazer a cliente mais leal da loja, uma senhora idosa, Jerry e o amigo contam com a ajuda da população da cidade e recriam as principais cenas e diálogos de filmes como “O Rei Leão”, “Rush Hour”, “Ghostbusters”, “Quando Éramos Reis”, “De Volta para o Futuro”, “Conduzindo Miss Daisy” e “Robocop”, entre muitos outros. A dupla então se torna as maiores estrelas da vizinhaça.”

O que achei – filme de comédia diferente, estava meio receosa de assistir, mas achei muuuuito legal! É incrível ver como eles refazem os filmes como 2001 de um jeito muito trash. Adorei, diferente, simples, trash e legal de se assistir.

Diário de Uma Paixão[rating:5/5] “Jovem operário e garota rica se apaixonam perdidamente. Mas são obrigados a se separar quando começa a Segunda Guerra, para nunca mais se encontraram. Anos mais tarde, apenas um diário relata aquela antiga paixão.”

O que achei – romance daqueles bem melequentos, e como eu adoro!!! Achei a fotografia simples, mas linda. A cena do lago cheio de patos é uma coisa simplesmente linda e “parece um sonho”. A história é muito bonita e emocionante, chorei muito.

%d blogueiros gostam disto: